Veja agora as melhores dicas para conhecer o Deserto do Atacama

Veja a seguir as melhores dicas para visitar o Deserto do Atacama e fazer uma viagem maravilhosa.

Anúncios

O Atacama está entre as viagens mais inusitadas que algum dia você deve fazer, e caso já esteja planejando ir pra lá, se prepare para viver momentos incríveis.

Além disso, no Deserto do Atacama, é possível realizar passeios com muita aventura, natureza e diversas paisagens.

Um dos principais pontos que você deve saber para viajar para o deserto é que, é necessário ter mais atenção à altitude, condições climáticas, e outros fatores.

Assim, você deverá ter uma preparação maior, em relação ás roupas, condição física, além de calçados especiais.



Todavia, apesar de considerado um destino não muito acessível, dentro da América do Sul, conhecer o Deserto do Atacama trata-se de um investimento diferenciado, que vai valer a pena a cada segundo.

Com essa viagem é possível ter a chance de aproveitar experiências fantásticas, colecionar momentos únicos e voltar pra casa com novas histórias para contar.

Continue a seguir e veja as principais dicas para visitar o Deserto do Atacama.

Dicas para conhecer o Deserto do Atacama

Como citamos acima, fazer uma viagem ao Deserto do Atacama é uma escolha incrível onde você poderá viver experiências inusitadas. Conheça agora as melhores dicas para aproveitar o seu passeio.

Nadar e nunca afundar na Laguna Piedra

O Deserto do Atacama ficou super conhecido por causa da Laguna Cejar, que é extremamente salgada, além disso, você pode tentar de todas as formas, não é possível se afundar.

O mergulho na Laguna Cejar foi proibido, por haver um nível de arsênico presente na água.

No entanto, bem próximo há outra lagoa, chamada Laguna Piedra, que também é muito salgada e o banho continua liberado, além de ser muito divertido.

Admirar pequenos vulcões em atividade

No Atacama está situado o terceiro maior campo geotérmico do mundo, ou seja, há um vasto fluxo de calor vindo do centro da terra.

Assim, são gerados na superfície do deserto uma forma de pequenos vulcões, a mais de 4300m de altitude.

Vale lembrar que as fumarolas são melhor observadas na parte da manhã. E por conta disso, a visita até os Geysers de El Tatio, para observar os pequenos vulcões, é uma das experiências mais frias do Atacama.

É possível que algumas fumarolas que são mais fortes, possam chegar a vários metros de altura, além da experiência ser através de um lugar diferente e inusitado.

Aproveitar as águas termais no deserto

Após ter visitado tantos lugares com paisagens maravilhosas, é possível relaxar em um banho termal no meio do deserto, e este passeio está entre os favoritos dos viajantes.

A dica é deixar para conhecer às Termas de Puritama mais no final do seu roteiro, para aproveitar uma “tarde de spa no deserto”.

Além disso, a temperatura da água é naturalmente aquecida e a paisagem é de cair o queixo.

Pedalar no deserto e curtir o pôr do sol

No Atacama há diversas estradas, sinalizações e muita facilidade para trazer à vida dos turistas mais facilidade.

Além disso, caso você queira, pode alugar um carro no Atacama e visitar por conta própria algumas atrações turísticas do deserto.

Agora caso você queira se aventurar, é possível alugar uma bicicleta em San Pedro de Atacama e pedalar até o Valle de la Luna, que fica a 6km do centro da cidade, sendo esse, um dos lugares que mais impressionam os visitantes com um infinito de areia e sal que forma o Valle de la Luna.

Depois, siga até o Valle de la Muerte, onde fica o Mirador de Kari, para assistir o espetáculo do por do sol na Pedra do Coiote, onde o sol se põe em um lado, e do outro a cordilheira de sal muda de cor, seguindo os tons dos últimos raios do dia.

A experiência é considerada por muitos: fantástica, marcante e inesquecível.

Em várias partes de San Pedro de Atacama é possível ver lojas alugando bikes, além de ser possível fazer a sua reserva antecipada pela internet.

Contudo, não se esqueça de levar protetor solar, água, lanterna e uma roupa de frio.

Tirar fotos de flamingos

O Deserto do Atacama é privilegiado pois há vários flamingos, e para vê-los, você pode ir até o Salar de Atacama, que fica na Reserva Nacional Los Flamencos. Assim, a Laguna Chaxa, fica repleta de flamingos.

Vale lembrar que há três tipos de flamingos no Atacama: o andino, de James e o chileno.

Contudo, o maior e mais raro, é o flamingo andino, que tem o bico e asas com pontas negras e o flamingo chileno possui porte médio, com os joelhos avermelhados.

Já o flamingo de James é o menor, tendo a perna inteira rosada, porém só aparece na região nos tempos mais frios, quando as lagunas de altitude maior estão congeladas e eles precisam descer até os salares para se buscar alimentos.

Vale ressaltar que a região da Laguna Chaxa é incrível, e o voo dos flamingos é um balé maravilhoso no céu!

Dica: Sabia que o Rio de janeiro é um dos lugares mais visitados do mundo?

Pois bem, saiba que nos preparamos um conteúdo completo mostrando quais são os melhores lugares para conhecer no Rio de Janeiro, acesse o botão abaixo e veja agora!

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos e familiares❤
Lorrane Oliveira
Lorrane Oliveira

Redatora, ama levar informação para as pessoas de forma simples e descomplicada!

0